[ASG] Autárquicas - José Paixão

9/21/2009 12:01:00 da manhã Publicado por Jolly Jumper

Eu, JOSÉ PAIXÃO, candidato-me às eleições autárquicas de 2009, com o apoio duma equipa integrada na CDU, porque me oferece confiança, competência e honestidade.

Nos últimos quatro anos, pelo concelho de Anadia, realizei como sindicalista a defesa dos direitos dos trabalhadores e da população em geral, a luta pela manutenção da urgência do nosso hospital, onde tive o privilégio de ser o rosto da luta, que muito me honrou ter ao meu lado o povo de Anadia, ao contrário de outros que convenientemente zelaram pelos seus interesses.

Anadia é um concelho que merece mais e melhor. Sempre que olho pela minha janela e vejo Anadia, penso que bonita poderia ser, se tivesse outros governantes. Até dia 11 de Outubro, a minha tarefa será sobretudo debater, mas também apresentar propostas e mobilizar para a mudança.

As freguesias do concelho têm sido votadas ao abandono nos últimos quatro anos. Situação que urge ser alterada. Se eu vencer as eleições, no que respeita às freguesias, irei reforçar os meios ao dispor das Juntas. Mas isto são projectos a curto prazo. O que me interessará verdadeiramente daqui em diante é que nada fique como está, dinamizando as diversas áreas.

A primeira coisa que farei enquanto presidente do município será analisar a situação da câmara e proceder a reajustamentos para levar por diante as propostas que temos, por pensar que é absolutamente essencial que os serviços respondam. Sou humano, portanto também terei em grande atenção as questões sociais.

Independentemente de quem ganhe as eleições legislativas, espero que sejam mais honestos, rigorosos e empenhados na causa comum e deixem de lado os interesses pessoais, já que Anadia pede e merece mais transparência. Até porque, do meu programa para o município, destaco as áreas da Saúde, Social e Cultural.

Quanto aos serviços básicos de saneamento de Anadia, tenho a dizer que está muito atrasado, e daqui a quatro anos espero que não venham dizer que é por causa do PDM.

Quanto à divulgação cultural do concelho, dou nota pouco positiva, porque a cultura é o parente pobre deste Executivo. O Cine-Teatro é o exemplo acabado de uma obra desenquadrada, contudo pode e deve ser rentabilizada com iniciativas que vão ao encontro das pessoas.

Considero que Anadia é cada vez menos um concelho atractivo tanto no ponto de vista cultural como laboral. As zonas industriais são um investimento necessário, que não estão a ser rentabilizadas para as necessidades do Concelho. E pergunto se isto vai continuar assim por muito tempo?

Vou estar nas ruas e nas empresas para o contacto com os eleitores e com os cidadãos. A minha janela para a comunicação com os anadienses vai ser através da presença física nos vários locais do Concelho. Aguardo contribuições e ideias para melhorar o programa da CDU.

Nos próximos 4 anos, no pouco tempo que tiver livre, espero poder conhecer outras realidades e usufruir do nosso belo Pais, porque a vida não é só política e trabalho. Com a azáfama de presidente da Câmara, a minha paixão pelas causas justas vai exigir muita atenção para defender os superiores interesses do Concelho.

Do ponto de vista físico, aos 45 anos, uma campanha destas é uma tarefa que encaro com satisfação. Psicologicamente, com a pressão do dia-a-dia e o stress da agenda, a campanha será uma causa que abraço com abnegação e dedicação. O aspecto mais gratificante desta correria pelo concelho será ouvir as pessoas e com elas dialogar em torno dos seus problemas concretos e orgulho-me de estar na 1ª linha da acção, com a equipa que me acompanha.

Para terminar, tenho a dizer que a blogosfera anadiense é mais uma forma de divulgar Anadia e as suas gentes. Para melhorar, sugiro que não parem e divulguem o mais e melhor que souberem, pois só assim se conseguirá criar uma opinião pública e cívica.

22 comentário(s):

  1. Sérgio Bandeira disse...

    Muito bem, José Paixão!

  2. António disse...

    Todos sabemos que José Paixão não vai ganhar as eleições. No entanto tenho a certeza que seria um elemento válido num grupo de trabalho que governasse Anadia.

  3. jbENTO disse...

    Tenho grande admiração por José Paixão. Homem que move multidões por causas injustas, diria mesmo que está no topo máximo de pessoas com grande valor na Bairrada.


    joao augusto matos bento
    anadia

  4. Sérgio Bandeira disse...

    A causa é que é injusta.
    Exactamente jbENTO!
    Mas que move multidões, lá isso é verdade.

  5. Zé de Lírios disse...

    Paixão é aquele rapaz, aparentemente ingénuo, mas que tem a escola toda. Aquela escola que se adquire na prática política profissionalizada do sindicalismo de raiz estalinista. Paixão faz tudo pelos trabalhadores, mas deixou de o ser(porque trabalhar faz calos)para ingressar na carreira sindical.
    Para mim, Paixão e a política que defende, representam o regresso a um passado completamente incoerente com a realidade do mundo de hoje. As ideias de Paixão, não são suas, são formatadas pela teia ideológica em que o PC envolve os seus militantes. Zita Seabra testemunha isso mesmo no seu livro:"Foi assim".
    Respeito Paixão como pessoa, mas,por favor, não me tentem enganar enaltecendo as suas qualidades políticas e humanas com base em algumas acções de agitação popular em que ele participou.

  6. Anónimo disse...

    Não concordo, de todo, com os valores que José Paixão defende.

    Compreendo que terá conquistado alguma notariedade na célbere luta contra o "fecho da urgência".

    Quer o Paixão, quer o PSD, quer qualquer pessoa informada sabiam que a luta era inglória.

    No entanto, a causa era daquelas em que todos eram a favor e, naturalmente, o PC nunca a desaproveitaria.

    O Prof. Litério, que não é burro, naturalmente, foi "atrelado" até determinada altura.

    Portanto, mesmo admirando o voluntarismo, comunistas NUNCA....

  7. Sérgio Bandeira disse...

    Então é quê?
    Artificialmente???

  8. Anónimo disse...

    Ao Sérgio Bandeira:

    Como "defensor oficioso" do José Paixão deveria contrapôr alguns argumentos sustentáveis de carácter politico (em termos pessoais não há dúvidas que merece ser respeitado).

    Pode-se respeitar as pessoas e repudiar o que defendem politicamente, sabia?

  9. Sérgio Bandeira disse...

    Não percebi.

    Primeiro, não sou "defensor oficioso" de ninguém, como é óbvio. Se quiser saber mais basta ler alguns dos meus comentários neste blogue, por exemplo.

    O que é que quer dizer com "contrapôr alguns argumentos sustentáveis de carácter politico"?
    Sobre que assunto?
    A sério que não estou a perceber...

    Obviamente que se pode e se deve respeitar as pessoas.
    Está a referir-se à brincadeira do "artificialmente"?

    Fale, Homem! Explique-se!

  10. Anónimo disse...

    Ao Sérgio Bandeira:

    - Já alguém atrás referiu que o José Paixão não é mais que um "produto" formatado na escola PCP, através da correia de transmissão CGTP/Sindicatos;

    - Com as devidas distâncias será um Mário Nogueira, que não é professor há dezenas de anos e, no entanto, bem "treinado" pelo PCP/FRENPROF/CGTP, faz as delícias de muitos "distraídos" Professores, ajudando a combater o PS, para colocar o PSD no poder(o PCP sempre preferiu assimm...).

    Portanto gostava que, não só defendesse o "popular" Paixão mas, publicamente, reflectisse sobre isto.

    Senão, assume o papel de "defensor" (que não é nenhum crime, convenhamos).

  11. Sérgio Bandeira disse...

    'Tá-se a passar!!!

    Senhor Anónimo, permita-me alcunhá-lo, "O Confundido": então acha que eu tenho estado a defender o José Paixão?

    Espere lá!
    Eu sou dos poucos que tenho escrito que sempre fui a favor do encerramento das urgências.

    Porventura, o senhor não me está a confundir com ninguém, não?

    Consegue perceber que o nome do comentador aparece no canto superior esquerdo do rectângulo onde está inserido o comentário?

    Peço desculpa, mas o senhor está muito confundido!!!

  12. Anónimo disse...

    Ao Sérgio Bandeira:

    - Não estou confundido. Parece é que o "confundi" a si....

    - Objectivo atingido..........

  13. JP disse...

    Agora quem tb está confundido sou eu...

    Outro objectivo conseguido? Se calhar este anónimo é o tal dos ossos e dos cães.

  14. Sérgio Bandeira disse...

    Mesmo assim, continuo a ser totalmente a favor de internet nos manicómios!

  15. Anónimo disse...

    Ao Bandeira e outros comentadores:

    - Quem vos disse que o(s) "anónimo(s)" emitiram comentários é(são) o(s) mesmo(s)?

  16. Sérgio Bandeira disse...

    Mesmo que sejam vários, estão sincronizados...

  17. Anónimo das 14,15H disse...

    Então caros comentadores, nada de novo desde ontem?

    E o "ideologo" (Bandeira) não tenta acertar alguma coisa?

  18. Sérgio Bandeira disse...

    Hum!?!

    Passo! :P

  19. Hakeem disse...

    Estes anónimos fazem-me uma grande confusão e estão tão confusos. Para estas "pessoas" se alguem elogia outra pessoa perde o direito a criticar essa mesma pessoa! A isso chama-se "idiotice". Com apoiantes destes não admira que os projectos do actual presidente da Câmara não sejam discutidos: eles gostam de ser ignorantes... Mas há muita gente que não gosta de ser ignorante, e muito menos gosta de usar "palas".

    sr. Bandeira, quase apetece dizer que com gente desta é escusado discutir. Não têm formação para mais do que o que mostram...

  20. Anónimo disse...

    Bandeira a presidente de Câmara. Já!

  21. Hakeem disse...

    lol

    Eu não dizia sr. Bandeira?

    Anónimo(s): Falem de coisas sérias...

  22. Sérgio Bandeira disse...

    Deixa-os pousarem...